Sobre

Jobson Figueiredo nasceu na cidade de Barreiros em 1948 e passou sua infância e juventude em Garanhuns, estudou no Colégio Diocesano, escreveu no jornal local O MONITOR, foi presidente de clubes culturais e teve um programa (A Voz Acadêmica) na rádio Jornal do Commercio. Em 1963, na Escola de Lideres Operários, participou do curso e treinamento de Lideres Estudantis e em 1964 foi o orador de curso do Colégio Diocesano de Garanhuns. Ainda jovem, em 1965, mudou-se para o Recife para concluir o seu curso secundário. Em plena ditadura, escreveu para os jornais e teve uma coluna sobre artes plásticas.

Como militante atuante, realiza em 1968, um júri simulado de Ernesto Che Guevara, meses depois, o governo decreta o Ato Institucional Número 5 (AI-5). Foi preso, teve obras queimadas e foi perseguido. O tempo passou, mas ainda ficou a marca de uma obra engajada e um comportamento firme. Foi presidente por várias vezes da AAPP – Associação dos Artistas Plásticos Profissionais de Pernambuco e lutou pela lei de obras de arte em espaços públicos (lei sugerida pelo mestre Abelardo da Hora para a cidade do Recife) incluindo na Constituição do Estado de Pernambuco. Jobson foi eleito Vice-Presidente da Lei de Cultura do Estado de Pernambuco onde participou da redação da Lei de Cultura do Estado.

Artista múltiplo, trabalhou com vendas, publicidade, programação visual e abriu sua própria oficina. Trabalhou com vários materiais: barro, madeira, resina de poliéster e fibra de vidro, passou por pintura em telas a óleo e acrílico, desenho, fotografia, fez xilo e litogravuras, dominou a técnica da fundição em bronze por cera perdida, executando suas esculturas e de outros artistas. Realizou grandes restaurações, projetos e eventos culturais, exposições nacionais e internacionais e editou livros.

Essa experiência, com vários suportes diferentes, lhe rendeu a maturidade para fazer sua grande carreira como artista. Fazem parte da sua equipe: Severino Gomes dos Santos – responsável pela parte técnica das oficinas e fundição; Pablo Colares – Arquiteto e escultor e Igor Colares – Designer responsável por projetos especiais.

Português
Inglês
© 2018 - Todos os direitos reservados